Sex, 27 de Abril de 2012 19:16

Biblioteca Nacional de Brasília tem novo diretor

Servidor de carreira do GDF, Yuri Barquette está na BNB desde a sua inauguraçãoO bibliotecário Yuri Guimarães Barquette Batista, 31, servidor público de carreira do Governo do Distrito Federal (GDF), é o novo diretor da Biblioteca Nacional de Brasília (BNB). A nomeação foi publicada no Diário Oficial do dia 24 de abril. Inicialmente, a principal meta de sua gestão é a abertura ao público, ainda em 2012, de parte do acervo da BNB. A cerimônia de posse está prevista para acontecer na segunda semana do mês de maio.

Para alcançar esta meta, Yuri Barquette esclarece que todos os servidores estão mobilizados e as ações de curto prazo estão direcionadas para a abertura do acervo. Segundo o diretor, dos cerca de 70 mil exemplares doados à BNB, aproximadamente 31 mil títulos passaram pelo processo de seleção e análise dos bibliotecários. Deste montante, dez mil foram doados para outras bibliotecas e instituições sem fins lucrativos do Distrito Federal e 21 mil já estão catalogados.

"As obras catalogadas estão distribuídas em duas coleções: a Brasiliana, 12 mil exemplares, e a Popular, com um total de nove mil. As publicações da Coleção Popular estarão disponíveis ao público para empréstimo e consulta local. Nosso objetivo é atingir o quantitativo mínimo para que possamos abri-la à população. A Brasiliana, por ser uma coleção especial e especializada, composta de obras de pesquisadores estrangeiros e brasileiros sobre temas nacionais, é uma coleção mais restrita e, por enquanto, não será aberta", afirmou.

A busca por recursos e o estabelecimento de parcerias junto ao Governo Federal também estão nos planos do atual diretor. "Vamos trabalhar naYuri Barquette, novo diretor da BNB elaboração e no desenvolvimento de projetos voltados para a melhoria da infraestrutura da BNB", destacou Barquette.

Para a subsecretária de Políticas do Livro e da Leitura, Ivanna Sant'Ana Torres, órgão ao qual a diretoria da BNB está vinculada, a nomeação de um bibliotecário servidor de carreira, foi importante pelo cumprimento do compromisso legal e político. "Este é um novo momento para a BNB", ressaltou.

PERFIL - Brasiliense, Yuri Barquette é graduado em Biblioteconomia pela Universidade de Brasília (2004), e pós-graduado em Biblioteconomia pelas Faculdades Integradas de Jacarepaguá (FIJ/RJ). Em 2008, ingressou no serviço público, no cargo de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, mesmo ano em que foi designado para trabalhar na BNB. Antes da nomeação para a direção da Biblioteca Nacional de Brasília, exerceu a função de chefe do Núcleo de Gestão da Informação. Atualmente, é membro do Conselho Regional de Biblioteconomia da 1ª Região (CRB-1), gestão 2012/2014, onde integra três comissões: de Ética Profissional, de Legislação e Normas, e de Tomada de Contas, do qual é coordenador.

Fotos: Flávia Camarano

 

Topo